Compartilhe:

ORÇAMENTO DE R$ 66 MILHÕES PARA O MUNICÍPIO EM 2022 RECEBE PARECER FAVORÁVEL DA COMISSÃO DE FINANÇAS, ORÇAMENTO E TOMADA DE CONTAS DA CÂMARA

A CFOTC emitiu Parecer Favorável ao Projeto de Lei n. 047/2021, que dispõe sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA), com estimativa de Receitas do município para o exercício financeiro de 2022 em R$ 66 milhões.
Membros da comissão analisam projetos da LOA e PPA, juntamente com o jurídico e contabilidade da Câmara

Outro projeto analisado pela mesma comissão, foi o PL n. 048/2021, que dispõe sobre o Plano Plurianual 2022/2025 e também recebeu Parecer pela sua aprovação.

Os Pareceres Favoráveis foram emitidos aos textos originais das matérias dos projetos, ou seja, não foi proposta nenhuma emenda.

Juntamente com o Plano Plurianual (PPA) e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a Lei Orçamentária Anual (LOA) é um instrumento de planejamento da Administração Municipal.

A edição e apresentação das matérias citadas acima, são de responsabilidade do Poder Executivo, mas a análise dos textos compete à Câmara Municipal, por meio da Comissão de Finanças, Orçamento e Tomada de Contas, conforme Regimento Interno e Lei Orgânica Municipal.

A apreciação destes dois Projetos de Lei, deverá acontecer até o dia 20/12, quando acontece a última Reunião Ordinária deste ano. A Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) foi analisada e aprovada em junho pela Câmara.

LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL (LOA)

É no orçamento anual que o Executivo indica as despesas que serão realizadas no decorrer do próximo exercício financeiro, a fim de prestar os mais diversos serviços à comunidade, em atenção às demandas da coletividade, promovendo e realizando políticas públicas de responsabilidade do município, com base em uma receita estimada. Assim, a Despesa fixada para o exercício financeiro de 2022 é de R$ 66 milhões.

ORÇAMENTO PARA 2022

No caso do orçamento do Município de Luz para o ano de 2022, caso seja aprovado em plenário, a Administração Municipal terá a sua disposição um crédito orçamentário de R$ 66 milhões para execução durante 12 meses, que poderá ser majorado no decorrer do exercício em razão de créditos adicionais suplementares ou especiais por superávit financeiro ou tendência ao excesso de arrecadação.

ORÇAMENTO ATUAL

O orçamento deste ano de 2021, aprovado na LOA anterior, fixava, inicialmente, uma despesa de R$ 49,7 milhões. Esse valor foi majorado em mais de R$ 20 milhões, por tendência de excesso de arrecadação e superávit financeiro no período de janeiro a novembro. De acordo com o Portal da Transparência do Município¹, até o mês de dezembro/2021, a Prefeitura administrou um valor superior a R$ 70 milhões.

¹https://e-gov.betha.com.br/transparencia/01037-129/con_execucaodespesa.faces

Vereador Piaba, Presidente da comissão, ver. Ivan Enfermeiro, secretário, Roberto Magner, Assessor Contábil, Ver. Manoel da Cooperativa, membro e o Assessor Jurídico, Dr. Mateus Botinha
Plano Plurianual (PPA)

O PPA, com vigência de quatro anos, tem como função estabelecer as diretrizes, objetivos e metas de médio prazo da Administração Pública.

No primeiro ano do mandato o Chefe do Executivo deve encaminhar para a Câmara Municipal o projeto de lei dispondo sobre o PPA, o qual terá vigência a partir do dia 1º de janeiro do ano seguinte e perdurará até 31 de dezembro do primeiro ano do próximo mandato. No caso do Projeto de Lei n. 048/2021, essa duração será de 1º de janeiro de 2022 a 31 de dezembro 2025.

O PPA é um plano de governo da Administração Pública, com Diretrizes, Objetivos e Metas de curto, médio e longo prazo.

“O PPA é peça de mais alta hierarquia dentre a tríade orçamentária, embora esta seja somente constituída de leis ordinárias. Esse é o modelo disposto em nossa Carta Magna, que determina em seu art. 165, § 7º, que os orçamentos devem ser compatibilizados com o plano plurianual. No § 2º desse artigo exige que a LOA deve ser elaborada conforme dispuser a LDO. E no art. 166 § 3º, I, prevê a admissão de emendas ao orçamento somente se compatíveis com o plano plurianual e com a LDO.”¹

¹https://www2.camara.leg.br/orcamento-da-uniao/cidadao/entenda/cursopo/planejamento

Entre os objetivos de um PPA podemos elencar os seguintes como os principais e mais importantes:

  • Definir com a máxima clareza e objetividade possível quais são os grandes problemas, programas, objetivos e metas a serem priorizados pelo governo municipal, bem como os resultados esperados;
  • Organizar os programas e ações responsáveis pela oferta de bens e serviços demandados pela sociedade, em especial os segmentos mais fragilizados;
  • Estabelecer critérios para nortear a alocação dos orçamentos anuais;
  • Definir diretrizes do sistema de gestão do planejamento, como a definição clara de responsabilidades pelas ações do governo, pelo monitoramento e avaliação das metas do plano e como ele será corrigido durante sua execução;
  • Integração das prioridades municipais com as diretrizes e prioridades dos planejamentos do Estado e do Governo Federal;
  • Estabelecer diretrizes para uma gestão democrática do planejamento e dos recursos financeiros do município.²

² João Henrique Mildenberger - PPA MUNICIPAL: REGRAS ATUALIZADAS, in https://www.unipublicabrasil.com.br/uploads/materiais/a0e5d2c609360b64eea0df13f906e9d827042017171303.pdf

CONCLUSÕES DOS PARECERES DA CFTOC
Vereador Piaba, Presidente da Comissão, assina os pareceres, juntamente com os demais componentes

  1. PARECER DA COMISSÃO DE FINANÇAS, ORÇAMENTO E TOMADA DE CONTAS AO PROJETO DE LEI Nº 047/2021 QUE DISPÕE SOBRE A “LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL QUE ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DO MUNICÍPIO PARA O EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2022 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS”:

Cabe à Câmara Municipal, com sanção do Prefeito, dispor sobre todas as matérias de competência do Município, dentre as quais, o Orçamento Anual, conforme art. 37, inciso IV, da Lei Orgânica Municipal, competindo ao Executivo, sua execução (LOM, art. 162, III), e, também, ao Presidente da Câmara Municipal e ao Diretor-Presidente da autarquia, no que pertine às dotações próprias do órgão do Poder Legislativo Municipal e da entidade da Administração Pública Indireta, respectivamente.

Pelo exposto e, no desempenho de seu múnus regimental, a Comissão de Finanças, Orçamento e Tomada de Contas, emite PARECER FAVORÁVEL à aprovação do PL nº 047/2021 - LOM 2022. 

  1. PARECER DA COMISSÃO DE FINANÇAS, ORÇAMENTO E TOMADA DE CONTAS AO PROJETO DE LEI Nº 48/2021 QUE “DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL 2022/2025”:

Cabe à Câmara Municipal, com sanção do Prefeito, dispor sobre todas as matérias de competência do Município, dentre as quais, o Plano Plurianual, conforme art. 37, inciso II, da Lei Orgânica Municipal, competindo ao Executivo, sua execução (LOM, art. 162, III).

Pelo exposto e, no desempenho de seu múnus regimental, a Comissão de Finanças, Orçamento e Tomada de Contas, emite parecer FAVORÁVEL À APROVAÇÃO do PL nº 48/2021 - PPA 2022/2025.

 

 

Nós utilizamos cookies para otimizar e aprimorar sua navegação do site, manter uma melhoria contínua no conteúdo oferecido e aperfeiçoar a experiência de nossos usuários. Todos os cookies, exceto os estritamente necessários, necessitam de seu consentimento para serem executados.

RECEBA NOTÍCIAS DA CÂMARA POR E-MAIL
Endereço:
Rua Dez de Abril, 721 - Centro / CEP 35.595-000 - Luz -MG
Contato:
(37) 3421-3089
E-mail de Atendimento: [email protected]
Horário de Funcionamento: 8 às 18 horas