A Câmara Municipal de Luz comemora hoje, 16 de março, 93 anos de instalação da primeira Legislatura.

Participe das reuniões plenárias da Câmara! Elas acontecem toda segunda-feira às 18h.

Desperdício de água em Luz pode gerar multa em Luz
Agora quem desperdiçar água em Luz estará sujeito a multa que gira em torno de R$ 124,00 (1UFL). É o que prevê o projeto de autoria do vereador Pretinho do Zeca, apresentado à Comissão de Finanças, Orçamento e Tomada de Contas na sessão da Câmara Municipal na noite desta segunda-feira (25/9).  

Já para a Copasa e o SAAE a multa estipulada é de aproximadamente R$ 1.240,00 em caso de desperdício do líquido precioso. A previsão é de que o projeto de lei entre em pauta para votação na segunda-feira (2) e, se aprovado e sancionado, passa a valer para qualquer pessoa que desperdiçar água. 

Em um primeiro momento, o texto estabelece orientação verbal ao usuário que for flagrado desperdiçando água tratada no sentido de coibir a prática, e persistindo o desperdício, ele será notificado e em caso de reincidência, será aplicada multa no importe de 01 UFL.

A lei proíbe lavar ou aguar com água tratada, através do uso de mangueira, ainda que acoplada com válvula: calçadas, varandas, pátios, quintais ou vias públicas, veículos em domicílios ou em via pública, telhados, paredes, vidraças ou calhas, jardins ou gramados com água tratada.

Fica autorizada, porém, a lavagem de veículos, calçadas, passeios, pátios, quintais, varandas telhados, paredes, vidraças e calhas com o uso de balde e pano, bem como aguar gramados ou jardins com o uso de balde e regador.

Outras restrições são previstas como manter abertos ou ligados, indevidamente, torneiras, canos, conexões, válvulas, caixas d?água e reservatórios, tubos ou mangueiras, despejando água de forma contínua ou intermitente, manter água correndo além da estrita necessidade técnica em construções e obras civis em geral e não consertar vazamentos constatados nas redes prediais nos prazos regulamentados.
 
Mais informações sobre a proposta de lei, acesse nosso site e vá até o link Projetos de Lei.  
Atenção!!! você que vai construir em nossa cidade. Está em vigor desde o dia 2 de junho de 2014 o Plano Diretor do Município de Luz com novas medidas e diretrizes para construções e lotes em nossa cidade.
AGORA É LEI. Desde o dia 28 de novembro de 2016, determinados grupos de pacientes usuários do SUS podem receber os medicamentos de uso contínuo em casa, sem precisar se deslocar até o Posto de Saúde.
É de autoria da Câmara Lei que institui a campanha de conscientização da destinação de óleos e gorduras de origem vegetal ou animal de uso culinário.
Lei, de autoria da Câmara, permite ao SAAE de Luz receber doações para a Vila Vicentina, APAE e Abrigo Nossa Senhora Aparecida por meio da conta de esgoto.
Está em vigor desde o dia 29/5/2014, Lei de autoria do Legislativo que autoriza a Prefeitura a transportar estudantes em cursos técnicos, superiores tecnológicos ou de graduação